Jovem Crente: [Série] Fica ligado! #1 - Duas verdades nas quais você precisa crer para ir para o Céu

[Série] Fica ligado! #1 - Duas verdades nas quais você precisa crer para ir para o Céu


A partir desta semana começamos uma série com pequenos artigos que vão tocar nos assuntos mais essenciais da nossa fé, aquilo que, se não soubermos, vai dar um rolo enorme. Em cada um deles existe muito mais para se falar, mas eu desafio você a ler cada artigo e verificar se você já está alinhado com estas ideias.  


Verdade #1 – Minha ficha tá suja!

É só dar uma rodadinha na internet e você vai ouvir coisas terríveis, desde coisas acontecendo em guerras ao redor do mundo, crueldades com pessoas e animais, abuso contra pobres ou minorias, e, o pior de todos, corrupção (heheh, brincadeira, isso não é o pior). Ao olhar para estas situações é lógico que somos bem melhores, nunca matamos ninguém, nunca roubamos, ou pelo menos, não frequentemente, enfim, acabamos pensando que somos boas pessoas. 
O problema é que o ensino bíblico sobre nós é diferente disso. A Bíblia não nos coloca ao lado do pior bandido para fazer uma comparação e dizer que somos bons, ela nos coloca ao lado de Deus. Ele é o padrão e quando nos comparamos com Ele estamos bem fora do padrão.

Em Marcos 10.17-22 Jesus encontrou um rapaz que se achava uma boa pessoa. Ele declarou para Jesus que tinha obedecido todos os mandamentos de Deus desde que entrou para a vida adulta. É obvio que isso não é verdade, Jesus precisou mostrar isso para o rapaz. Mostrou que ele caía nos primeiros mandamentos que falam do meu relacionamento com Deus, e que ele amava mais o dinheiro do que a Deus. Se fossemos nós a encontrar com Jesus, a conversa seria bem parecida. Achamos que somos boas pessoas, e Jesus teria que nos mostrar como já quebramos cada um dos mandamentos.
Em Êxodo 20.1-17 temos a lista dos Dez Mandamentos. Esta lista está dividida em dois grupos: os primeiros quatro mandamentos falam sobre meu relacionamento com Deus, e os seis últimos sobre o meu relacionamento com as pessoas. Por isso Jesus resumiu em Mateus 22.36-40 (NVI).

"Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? "
Respondeu Jesus: " ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas".

Vamos ser honestos, amar a Deus de toda a alma, coração e entendimento está bem longe de descrever nosso interior. Trocamos Deus por um bom filme, e até por ruins, por amigos, namorados, coisas, enfim, amamos mais nossos celulares do que amamos a Deus. Prova disso é o nosso desespero quando o celular cai no chão com a tela para baixo. Nosso coração não dispara quando percebemos que acordamos mais tarde e infelizmente não vai dar tempo de ler a Bíblia antes de sair para a escola.
Na segunda parte dos mandamentos vemos o amor ao próximo. Nos dez mandamentos isso fica mais claro na obediência aos pais, no não cobiçar o que é do outro, no não procurar vingança, enfim, tantas coisas que fazemos e que são completamente contrárias aos padrões de Deus.
Eu conheço um pequeno vídeo no Youtube que explica isso. 



Por que estou contando tudo isso?
Por que é impossível chegar-se a Deus se não formos humildes e reconhecermos que não somos bons e não merecemos nada vindo dele. Deus é perfeito, mas nós somos bem, mas bem imperfeitos mesmo. Porém temos a segunda verdade que você precisa crer para ir para o céu, nossa história não acaba aqui.

Verdade #2 – Jesus morreu para limpar minha barra!

Se você assistiu ao pequeno vídeo você já sabe que Deus é um juiz justo e que na sua justiça todo pecado terá que ser castigado. A Bíblia diz que o merecimento de quem peca é a morte. Mesmo que eu tente ser o cara mais fera do universo, eu nunca chegarei ao padrão perfeito, o pecado faz parte da minha vida e eu mereço a morte. Olhe só o que estes textos da Bíblia dizem: 

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 6.23 (NVI)

Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.
Efésios 2.8-9

Paulo ensinou em Efésios que somos salvos pela graça por meio da fé. Ser salvo pela graça significa que a salvação é um presente de Deus, não merecemos, ele nos dá por seu desejo próprio. A segunda parte do texto diz que isso acontece por meio da fé. Em outras palavras, é uma convicção de que Jesus é verdadeiro e morreu em meu lugar que traz confiança ao meu interior.
Só é possível que esta verdade inunde meu coração depois da primeira ter feito o mesmo. Quando descubro que sou realmente pecador, então entendo que preciso de Jesus, e agora posso confiar nele para limpar meus pecados, e desta forma sou salvo.

Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.
Romanos 5.8

Diante desta verdade existem dois caminhos possíveis. Alguns ouvem sobre o que Jesus fez na cruz, mas mesmo assim, pensam que Ele foi somente um bom exemplo, o que conta mesmo é o que eu faço, se eu for bom daqui para a frente estará tudo bem. Infelizmente, quem pensa assim está enganado e ainda está com seus pecados.
A segunda possibilidade é tirar sua confiança de si mesmo, já que somos pecadores, e crer somente em Jesus. Neste caminho, temos nossos pecados perdoados, passamos a fazer parte da família de Deus e estamos salvos.

E se eu pecar novamente, o que vai acontecer?

Agora que eu estou salvo, meus pecados foram perdoados, eu já entendi e cri nas duas verdades ensinadas claramente na Bíblia, o que acontece se eu pecar novamente?
Bom, esta é a dúvida de muita gente, e é o assunto do nosso próximo post desta série. :)

Artigos Relacionados:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, sugestões ou opiniões. Lembre-se:
- pode discordar, mas com educação