Jovem Crente: A vida é trem bala, parceiro!

A vida é trem bala, parceiro!



Sabe quando há um sinal grande, todo luminoso no meio do escuro? É inevitável você não ver, certo? Mesmo que você esteja a quilômetros e quilômetros de distância, você consegue enxergá-lo , ele está lá nos alertando, passando alguma mensagem. Pra mim o céu é um desses grandes lembretes de Deus pra nós. Ele está ali, em toda a sua infinidade e beleza nos passando algum recado. Mas com as horas, dias e minutos passando tão rápido, esquecemos cada dia mais de olharmos pra cima e lembrarmos a esperança que Deus nos dá. Não sei pra você, mas pra mim os dias, as semanas, os meses têm passado muito rápido. Você piscou, e o fim de semana já passou, piscou mais uma vez e o mês acabou, e piscou de novo, o ano já virou. Todos nós já nos demos conta de que a vida é curta e rápida.


A Bíblia, como sempre, é perfeita e verdadeira em tudo o que diz. Olha só alguns versículos:

“O homem é como um sopro; seus dias são como uma sombra passageira.” Salmos 144.4

“...Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa.” Tiago 4.14

A vida é tão rápida quanto um trem bala, ou tão passageira como uma onda, ou tão frágil como uma flor. Sabe por que? Um trem bala pode atingir a velocidade de até 350km/h. É tão rápido que você quase não vê passar. E as ondas do mar, já viu? Elas se formam lá no fundo, vêm com toda força e quando chegam lá perto da areia elas já se desfizeram. As flores então, um dia estão lindas, mas por causa de uma chuva forte, alguns instantes depois, elas já  murcharam. Assim é também com a nossa vida, rápida, frágil e passageira. Os nossos dias estão todos contados.Na vida cristã,há momentos bons e de alegrias, mas há também momentos de profunda tristeza, solidão e dificuldades. Todos nós passamos por isso e sabemos o quão difícil é. O mundo, por causa do pecado, é mal, ruim, sujo e injusto. Tem horas que você pensa em desistir, largar mão de tudo, fugir para Nárnia e sair correndo pra longe, não é mesmo? Mas o nosso Pai sabe disso, ele sabe os momentos que não são fáceis e ele se importa, ele se compadece. Em seu profundo amor e misericórdia, ele nos dá um lembrete bem grande quando olhamos para o céu. O lembrete está lá todo luminoso, pra todos verem, em qualquer lugar do mundo, mesmo a quilômetros e quilômetros de distância, de dia e de noite sobre nós. Este recado nos faz lembrar que nosso lar não é aqui, nosso lar é no céu. Esta vida é passageira e todo o sofrimento um dia vai acabar para aquele que aceita o perdão de Deus em Jesus e mantém seu relacionamento em dia com ele. Você estará eternamente nos braços do seu Pai. É só lembrar-se disso que a sua perspectiva muda totalmente, o coração triste se transforma em um coração cheio de gratidão por ter essa esperança, por saber que no meio da luta, Deus está ao seu lado e está cuidando tanto de você, que até já te preparou um lar eterno e perfeito.

Hebreus 11 é um dos meus capítulos favoritos da Bíblia. O capítulo já começa dizendo: “Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.” (Hb. 11.1). Lá encontramos uma galeria de pessoas que viveram pela fé, “...reconhecendo que eram estrangeiros e peregrinos na terra.” (Hb.11.13b). “Uns foram torturados e recusaram ser libertados, para poderem alcançar uma ressureição superior; outros enfrentaram zombaria e açoites; outros ainda foram acorrentados e colocados na prisão, apedrejados, serrados ao meio, postos à prova, mortos ao fio da espada. Andaram errantes, vestidos de pele de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos e maltratados.” (Hb.11.35-37). Como por exemplo,Moisés que andou no deserto, tirou o povo da escravidão do Egito, e sofreu perseguição por parte do faraó. José, que foi vendido pelos seus irmãos, ficou longe de sua família, sofreu injustiças, mas Deus estava trabalhando em meio a todo o sofrimento dele. Noé, que pela fé construiu uma arca enorme, e muitos outros que não conseguiram o que queriam aqui na terra, mas eles não olharam para as vitórias terrenas,“...em vez disso, esperavam eles uma pátria melhor, isto é, a pátria celestial. Por essa razão Deus não se envergonha de ser chamado o Deus deles, e lhes preparou uma cidade.” (Hb.11.16). Tais testemunhos nos encorajam a olhar além, a ter fé e confiar no que Deus já fez. Mas adiante no texto, há uma exortação para nós vermos todos os exemplos destes homens e mulheres de fé, etambém corrermos “...com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé.” (Hb.12.1-2).

Portanto, se você tem passado por momentos difíceis, olhe para o céu, e lembre-se do grande lembrete de esperança que Deus nos dá, o seu lar eterno é lá.  Firme sua esperança como uma âncora nesta verdade, porque não há nada melhor do que viver com a perspectiva da eternidade. E não só isso, olhe para o seu lado, tenho certeza que você encontrará pessoas que tem passado por momentos muito difíceis também, olhem juntos para o céu e vejam o lembrete que está brilhando. Com o coração cheio de esperança e fortalecido em Deus, a caminhada fica mais fácil. A decisão de viver à luz da eternidade é sua.


Esther Ehlert

Revisado por Max Richter Filho


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, sugestões ou opiniões. Lembre-se:
- pode discordar, mas com educação