Jovem Crente: Borboletas no estômago.

Borboletas no estômago.


Escuro estava o seu quarto e lágrimas quentes escorriam impiedosamente em seu rosto. Seu coração acelerado apertava. Sem conseguir dizer uma só palavra, o seu soluço e o ar comprimido diziam tudo o que realmente sentia. Sentia como se borboletas estivessem revirando em seu estômago. As palavras não eram necessárias. Afinal, naquele momento, elas não existiam. O seu celular ainda permanecia intacto, e cada minuto que passava era como uma eternidade, não havia resposta, não havia sinal da comunicação esperada. Algo muito importante a incomodava, a perturbava, tirava sua paz.

Depois de muito tempo de choro, um sussurro saia de sua boca. Sim, era um clamor e não era a homens, era a Deus. Mais do que ninguém naquele momento Ele podia confortar, e ela sabia disso. Dentro dela, havia um conflito entre o clamor e o questionamento, como de praxe – sempre tem aquele momento que queremos clamar e ao mesmo tempo questionar a Deus, afinal o orgulho às vezes nos domina.


Em seu pensamento, ela se sentia fraca, um "lixo", e percebia que, diante da situação que já tinha saído de seu controle, ela não era nada. Isso a incomodava, era uma luta entre aquilo que sabia e aquilo que vivia. Autossuficiência era o seu sobrenome. Ela percebia que várias situações da sua vida aconteciam devido a uma ansiedade extrema que não a levava a lugar nenhum. Não! Ela não tinha o controle de tudo. E sim! ela decidiu assumir isso...

" Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo... Minhas lágrimas têm sido o meu alimento de dia e de noite, pois me perguntam o tempo todo: Onde está o seu Deus? Quando me lembro destas coisas choro angustiada... Por que você está assim tão triste ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus. A minha alma está profundamente triste; por isso de ti me lembro... Direi a Deus, minha Rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que devo sair vagueando pranteando...? Por que está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus. Amém! " Salmos 42.1-4;9;11.
 
"Estou com borboletas no estômago". Quem nunca escutou ou leu essa expressão em um algum lugar? Imagino que todos, mas cabe lembrar que esse termo é um eufemismo para dizer que estamos ansiosos. Ansiedade é um estado de preocupação, aflição, impaciência excessiva com aquilo que foge do controle. Ela se deve à autossuficiência. Quando tudo acontece segundo o nosso querer, nós nos sentimos fortes o bastante e esquecemos completamente de Deus. Quando buscamos resolver tudo de forma humana, achando que não precisamos da interferência de Deus, ou quando forçamos para que tudo aconteça de acordo com os nossos planos, a nossa autossuficiência fica evidente. Provérbios 3:5 nos adverte: "Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento."  É necessário se firmar no Senhor e não se apoiar em si mesmo.

Segundo a Bíblia, a ansiedade não é nada mais nada menos do que PECADO. Filipenses 4.6,7 diz: "Não andem ansiosos coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ações de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus". Há um imperativo aqui, ordenando que não devemos andar ansiosos por coisa alguma. Todo aquele que é nascido de novo, precisa confiar no Senhor assim como diz o Salmo 37.3-7: "Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança. Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração. Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá: ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente. Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros, nem como aqueles que maquinam o mal". Está bem claro que precisamos descansar plenamente em Deus.  Conforme vimos, a raiz da ansiedade é a autossuficiência. Em muitas situações, preferimos nos apoiar em nosso próprio entendimento − como se ficar ansioso pudesse resolver os problemas.

A ansiedade é algo prevalentemente pessoal, mas pode gerar conflitos interpessoais, pois a pessoa ansiosa pode responder com impaciência ou ira, por exemplo. A ansiedade também se reflete muito no estado físico, com problemas cardíacos, gastrites, palpitação entre outros. Provérbios 3.7,8 diz: "Não seja sábio aos seus próprios olhos; tema o Senhor e evite o mal. Isso lhe dará saúde ao corpo e vigor aos ossos".

A Bíblia é o único caminho que nos leva a encontrar solução. Ela é o único remédio e alimento para os necessitados, enquanto o mundo está cheio de soluções terrenas, errôneas e com resultados não duradouros. Firmar-se nas coisas deste século é se firmar em terreno arenoso. Firma-se em Deus é se firmar na rocha. "Mas o Senhor é a minha torre segura; e o meu Deus é a rocha quem que encontro refúgio." Salmos 94.22
 
    "Um pão comido em paz é melhor do que um banquete comido com ansiedade." Esopo

Este artigo foi escrito por Maressa Brito. Maressa é aluna do Curso de Liderança e Discipulado e desenvolveu o artigo como parte dos requisitos da matéria de Ética para moças. É membro da Igreja Cristã Evangélica, ministério Luz para os povos de Goiânia e cursa Jornalismo. 


2 comentários:

  1. PAZ SEJA CONVOSCO AMADA DO SENHOR, NOSSA LOUVADO SEJA DEUS PELA TUA VIDA. QUE DEUS VOS ABENÇOE SEMPRE. NOSSA SÓ DEUS SABE COMO PRECISAVA OUVIR E LER ESSAS PALAVRAS. EU VIVI DESSE MAL. MAIS DEPOIS DESSA PUBLICAÇÃO NÃO MAIS VIVEREI. MUITÍSSIMO OBRIGADA, POR TER PUBLICADO ESSE TESOURO DO CORAÇÃO DE DEUS AO NOSSOS CORAÇÕES. FORTE ABRAÇO.

    SHALON ADONAI

    ResponderExcluir
  2. Gloria a Deus pela sua vida, irmã. Eu estou vivendo essas borboletas e hoje Deus falou cmg exatamente o que está escrito aqui, com os mesmo versiculos. Isso é benção. Obrigada

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários, sugestões ou opiniões. Lembre-se:
- pode discordar, mas com educação