Jovem Crente: DIDAKÊ - Capítulo 2

DIDAKÊ - Capítulo 2

Mais uma vez estou postando um capítulo deste interessante livro do primeiro século. É impressionante ver como é relevante para os dias atuais. Perceba temas como aborto, duplicidade de palavras, mentira, relacionamentos, enfim, em 2000 anos o homem não mudou nada...

Capítulo II - Deveres para com a vida (aborto)
Dos deveres para com a vida e a propriedade do próximo
1 - O segundo mandamento da Instrução (Didaqué) é:
2 - Não matarás, não cometerás adultério; não te entregarás à pederastia, não fornicarás, não furtarás, não exercerás magia, nem bruxaria (charlatanice). Não matarás criança por aborto, nem criança já nascida; não cobiçarás os bens do próximo.
3 - Não serás perjuro [Cf Mt 5,33; Ex 20,7], nem darás falso testemunho; não falarás mal do outro, nem lhe guardarás rancor.
4 - Não usarás de ambigüidade nem no pensamento nem na palavra, pois a duplicidade é uma trama fatal [Cf Prov 21,6].
5 - Tua palavra não seja falsa, nem vã; mas, ao contrário, seja cheia de sinceridade e seriedade (comprovada pela ação).
6 - Não serás cobiçoso nem rapace, nem hipócrita, nem malicioso, nem soberbo. Não nutrirás má intenção contra teu próximo [Cf Ex 20,13-17; Dt 5,17-21].
7 - Não odiarás ninguém, mas repreenderás uns e rezarás por outros, e ainda amarás aos outros mais que a ti mesmo (que tua alma).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, sugestões ou opiniões. Lembre-se:
- pode discordar, mas com educação