Jovem Crente

Sobre o ano que mudou a minha vida


Meu nome é Julia Vital, sou carioca, fiz CLD (Curso de Liderança e Discipulado) no SBPV (Seminário Bíblico Palavra da Vida) no ano de 2014, e estou aqui para compartilhar tanto meu testemunho sobre a minha experiência no CLD, para você que faz ou pretende fazer (com conselhos para te ajudar!), quanto de como está a minha vida hoje, três anos após ter me formado no curso.

Ida para o CLD:

Bom, vamos começar pelo começo...

Talvez compartilhar a experiência de como se deu o processo da minha ida para o CLD, possa contribuir com a sua decisão de ir (ou não).

LEIA MAIS...

Você não é quem diz ser!


Antes de qualquer outra coisa, deixe-me explicar o porquê de um título tão agressivo, já que ele questiona sua identidade. Nós dizemos e pensamos coisas sobre nós que muitas vezes não são verdades. Por mais que eu diga coisas sobre quem eu sou, a menos que minhas atitudes comprovem que minhas palavras não estão vazias de sentido, elas serão só palavras. Por mais que queiramos, palavras não fazem de nós quem desejamos ser, mas nossas atitudes muitas vezes provam que somos quem não queríamos!

LEIA MAIS...

[Série] Fica ligado! #5 - As três mentiras mais ensinadas sobre o Espírito Santo


Esta é uma série com pequenos artigos que vão tocar nos assuntos mais essenciais da nossa fé. Aquilo que se não soubermos, dará um rolo enorme. Em cada um deles existe muito mais para se falar, mas eu desafio você a ler cada artigo e verificar se você já está alinhado com estas ideias.

Se ainda não viu, não esqueça de visitar os outros artigos da série:


LEIA MAIS...

O rei que teve tudo e não deu nada

O que você diria que precisa para que possa servir a Deus melhor? Mais tempo? Mais conhecimento? Mais dinheiro para doar aos missionários e poder ajudar melhor a igreja? Talvez se você tivesse uma casa melhor? Ou talvez se tivesse um carro? O que você diria que falta na sua vida para que você consiga se dedicar melhor a Deus?

A Bíblia conta a história de um cara que teve tudo o que qualquer um poderia pedir. Ele teve tudo para que pudesse ter seu coração voltado completamente para Deus. Ele teve dinheiro, mulheres, fama, conquistas, tempo, sabedoria, vigor, nada de ruim aconteceu a ele, nenhum sofrimento aparente, nenhum parente com algum tipo de dificuldade... Nada. Além disso, o cara conhecia a Deus de perto. Resumindo: Ele teve uma vida boa.

LEIA MAIS...

De volta ao Pai


Imagine comigo, um jovem, filho de um pai muito rico e amoroso, que morava em um palácio, com todas as regalias que ele poderia desfrutar, sim, todas as riquezas de seu pai ao seu dispor. E tem mais, além de poder ir ao Outback toda semana, ele também tinha honra, liberdade, servos ao seu dispor, tudo de bom e do melhor. Porém, aquele jovem, com um coração insatisfeito, queria mais. Sim, aquilo tudo não estava sendo o suficiente para ele, e ele queria experimentar o novo. Achando que conseguiria ser mais feliz e ter mais alegria, ele pediu a sua parte da herança para o pai e saiu de casa, desbravando o mundo sozinho. Assim sendo, ele foi para uma terra distante e gastou tudo o que tinha, irresponsavelmente. Porém, não muito tempo depois, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. Buscando um jeito para conseguir sobreviver, ele acabou tendo que se humilhar ao ponto de trabalhar com porcos, e comer da comida que eles comiam. No meio de toda aquela lama, ele se lembrou de tudo o que ele tinha ao seu dispor na casa de seu pai, e se viu imundo naquela situação. Ele trocou tudo o que ele tinha por aquilo, por comida de porcos e fome, e então decidiu voltar e pedir misericórdia ao pai, para que ele pudesse, ao menos, trabalhar como um de seus servos. Agora, coloque-se no lugar do pai, antes mesmo de você morrer, seu filho pede a parte da herança que lhe cabe, vai embora de casa, nega seu amor e tudo o que você tinha a oferecer a ele. Quando ele voltasse, você iria perdoá-lo? Você iria aceitá-lo de volta?

LEIA MAIS...

[Série] Fica ligado! #4 - Duas naturezas de Cristo que mudam sua vida


Esta é uma série com pequenos artigos que vão tocar nos assuntos mais essenciais da nossa fé. Aquilo que se não soubermos, dará um rolo enorme. Em cada um deles existe muito mais para se falar, mas eu desafio você a ler cada artigo e verificar se você já está alinhado com estas ideias.

Se ainda não viu, não esqueça de visitar os outros artigos da série:



LEIA MAIS...