Jovem Crente

[Série] Fica Ligado! #2 - Três fatos que comprovam que você NÃO perde a salvação


Esta é uma série com pequenos artigos que vão tocar nos assuntos mais essenciais da nossa fé, aquilo que se não soubermos vai dar um rolo enorme. Em cada um deles existe muito mais para se falar, mas eu desafio você a ler cada artigo e verificar se você já está alinhado com estas ideias. 

Se ainda não viu, não esqueça de visitar os outros artigos da série:


LEIA MAIS...

Como manter a fé na faculdade

Entrar na universidade é o sonho de muitos jovens em nosso País. Estar num ambiente em que você poderá cursar as matérias de seu interesse, se preparar para o mercado de trabalho e poder começar a caminhar com as próprias pernas é o que a maioria de nós deseja. Porém, não é só disso que a universidade é feita, e é nela que muitos de nós passam a questionar sua fé.

Pensando na dificuldade que muitos cristãos enfrentam ao entrarem na universidade e em situações que eu já passei, resolvi escrever esse artigo. A partir da minha experiência e da experiência que amigos universitários compartilharam comigo, quero dar algumas dicas, e espero que elas possam ajudá-lo a manter-se firme em meio ao ambiente acadêmico que é, tantas vezes, um lugar tão desafiador àqueles que desejam seguir a Cristo.

LEIA MAIS...

[Série] Fica ligado! #1 - Duas verdades nas quais você precisa crer para ir para o Céu


A partir desta semana começamos uma série com pequenos artigos que vão tocar nos assuntos mais essenciais da nossa fé, aquilo que, se não soubermos, vai dar um rolo enorme. Em cada um deles existe muito mais para se falar, mas eu desafio você a ler cada artigo e verificar se você já está alinhado com estas ideias.  


Verdade #1 – Minha ficha tá suja!

É só dar uma rodadinha na internet e você vai ouvir coisas terríveis, desde coisas acontecendo em guerras ao redor do mundo, crueldades com pessoas e animais, abuso contra pobres ou minorias, e, o pior de todos, corrupção (heheh, brincadeira, isso não é o pior). Ao olhar para estas situações é lógico que somos bem melhores, nunca matamos ninguém, nunca roubamos, ou pelo menos, não frequentemente, enfim, acabamos pensando que somos boas pessoas. 

LEIA MAIS...

Nós Crescemos Juntos


- Eu faço parte da história dele.
- Nós crescemos praticamente juntos.
Ele sempre conta histórias. Do seu trabalho, de sua família, da faculdade...
Ela sempre o faz de diário. Seus medos, seus momentos de família, a chefe que a culpou de algo que não fez, ou o trabalho da faculdade que foi entregue para a banca avaliadora, e a deixou preocupada.
Eles mal falam de Deus. Falam sobre a igreja, sobre as pessoas que os pressionaram novamente sobre o noivado, as crianças que deram trabalho na escola dominical. Talvez conversem sobre a possibilidade de assumirem o ministério de jovens; falam sobre o casamento, sobre as contas pra pagar, quem irão convidar, a cor do vestido, a comida do Buffet. Conversam sobre o nome dos filhos, a escola em que irão estudar, e como querem os educar diferente da maneira em que foram criados.
Durante, antes e depois, acontecem as carícias, o andar de mãos dadas, o elogio das roupas, maquiagem, ou da organização do carro. Saem para jantar, para descontrair em um cinema, para irem a um estádio, ou até mesmo ficam sentados no sofá da sala encarando um ao outro sem entrarem em assuntos mais profundos. Isso pode gerar conforto, mas em algum momento uma das partes deseja algo diferente da rotina, e brigas acontecem.

LEIA MAIS...

O preço do seu testemunho


Quando eu ouvia falar de "Igreja Perseguida", minha cabeça ia automaticamente para a história da igreja primitiva, me lembrando da história de Paulo e de vários mártires que perderam suas vidas ao propagar o Evangelho. Minha mente também se enchia de imagens dos missionários que se entregam para pregar o evangelho às pessoas onde o Cristianismo é proibido, ou dos países daquela famosa Janela 10x40. São histórias que nos chocam e nos motivam, e nos fazem pensar em como nossa vida é fácil.


LEIA MAIS...

Cultura Pornográfica




Hoje, quando pensamos em pornografia, logo nos vêm à mente coisas explícitas relacionadas ao sexo. E talvez até já tomemos mais cuidado por saber do poder atrativo que elas têm, mas o que nós não vemos é que a nossa cultura é uma CULTURA PORNOGRÁFICA. As músicas trazem consigo letras que te levam a pensar no homem ou mulher como um objeto, os programas de TV sempre têm mulheres bonitas dançando ou homens com uma beleza acima do normal, banners, selfies, anúncios, comerciais etc. Todos eles trazem consigo um problema: a perversão (inversão) dos valores bíblicos.



LEIA MAIS...